Mundial de multicascos 60'

Vigo: Mundial de multicascos 60'

Entre o 14 e 17 de julho, ria-a de Vigo acolheu o Grande Premeio a Galiza 2005, integrado no Campeonato do Mundo Multicascos 60'. A primeira vez na história que um porto espanhol é palco de uma regata destas características. As competições de multicascos 60' estão consideradas uma das mais espectaculares do mundo da náutica: a fórmula 1 da vela.

Desde 1996 organizaram-se mais de 30 Grandes Prêmios em cidades como Cagliari, Lorient, Calvi, Royan, Marselha ou Zeebugre. Melhore-los regatistas participam nesta competição: Mike Bircj. Laurent Bourgnon, Francis Joyón, Loic Peyron, Marc Guillemot, Alain Gautier, Jean Lhe Cam, Giovanni Soldini, Michel Desjoyeaux, etc.

Os multicascos ou trimaranes são embarcações tripuladas por onze persoas que atingem velocidades de até 40 nodos (uns 70 quilómetros por hora). Tudo nesta regata é espectacular: o ruído dos cabos que fazem ressoar os capacetes de carbono, os quase 450 metros quadrados de superfície de vela que culminam a 30 metros de altura, a concentração dos patrões e, sobretudo, os saltos dos tripulantes na manobra sobre a rede de segurança entre os flotadores.

Presenciar uma regata de multicascos pode ser uma experiência inolvidable. Os barcos, maiores que um campo de tênis, viran a boya com uma facilidade pasmosa pese a seu grande tamanho. A competição de trimaranes está marcada pela táctica, as manobras e a rapidez. Todos estes elementos convertem a regata em um espectáculo visual de enorme beleza.

O Grande Prêmio está estructurado em 9 provas que se distribuem em três dias de competição (entre a sexta-feira 15 e no domingo 17 de julho), combinando percursos costeros com bengalas barlovento-sotavento. Uma competição que permite mostrar ao público, aos patrocinadores e aos meios de comunicação um espectáculo protagonizado por um tipo de embarcações considerados pelos experientes como a fórmula 1 dos mares.